Treino

Cortisol Alto: O que é e quais as causas?

Ikaps Suplementos
Escrito por Ikaps Suplementos em julho 14, 2020
Cortisol Alto: O que é e quais as causas?

Você se deparou com o cortisol alto? Saiba o que é esse hormônio, quais são as causas de sua desregulação, os sintomas e principalmente, como abaixá-lo.

Primeiramente, o cortisol é um hormônio produzido pelo nosso organismo que em excesso pode causar aumento descontrolado de peso, perda de massa muscular, diminuição ou desregulação de outros hormônios, como a testosterona.  

Em suma, os níveis de cortisol podem variar ao longo do dia por dependerem diretamente de outros fatores, como a prática de atividades ao longo do dia e principalmente a serotonina.

Por fim, se você se sente com fraqueza excessiva, estresse, irritabilidade, sintomas depressivos, aumento de peso e pressão alta, pode ser que o esteja com sintomas desse problema. Fique atento e consulte um médico!

O que é o Cortisol Alto?

O cortisol, a princípio, é um hormônio produzido pelo nosso organismo nas glândulas suprarrenais, que estão localizadas bem acima dos rins. Ele é conhecido como hormônio do estresse porque seus níveis aumentam justamente quando a pessoa está sob elevadas tensões e estresse.

Esse hormônio em excesso, pode causar inúmeros problemas ao organismo. Porém, quando ele está regulado e em quantidades ideais, pode exercer funções vitais e importantes no corpo, como por exemplo:

  • Controle do estresse;
  • Manutenção do sistema imunológicos;
  • Auxílio no combate às inflamações;
  • Manter os níveis de açúcar no sangue em condições ideais.

Em síntese, os níveis de cortisol são avaliados através de um exame, podendo ser realizado com amostra de sangue, urina ou saliva. O resultado ideal é dividido entre períodos:

  • Durante a manhã: 5 a 25 µg/dL;
  • No final do dia: menos que 10 µg/dL;

Como pode-se observar, o ideal é que os níveis de cortisol estejam relativamente altos pela manhã e diminuam ao longo do dia, se encontrando em níveis naturalmente mais baixos à noite.

Desta maneira, se estiverem acima deste valor já é considerada a condição de cortisol alto. Nesse caso, é recomendada a consulta com um endocrinologista para que seja possível a identificação da causa e o tratamento adiantado.

É importante salientar, porém, que nem sempre os níveis alterados de cortisol no sangue podem indicar a presença de doenças no organismo.

Muitas vezes os níveis podem estar alterados por motivos simples como alterações relacionadas à temperatura corporal ou a presença de infecções não graves.

Quais são as causas do Cortisol Alto?

O excesso de cortisol no sangue pode ser uma condição adquirida por diversas razões, podendo ser elas externas ou internas, ou seja, causadas pelo próprio organismo. Abaixo estão listadas algumas das principais causas do excesso de cortisol no corpo:

#1. Uso de medicamentos

De início, a principal causa do cortisol alto no sangue é, sem dúvidas, o uso prolongado de medicamentos que contenham essa substância como princípio ativo, como dexametasona e prednisona.

Normalmente o uso desses remédios por mais de 15 dias consecutivos podem causar o excesso desse hormônio no sangue.

Porém, nesse caso, deverá haver acompanhamento médico durante todo o processo a fim de minimizar seus efeitos negativos. Desta maneira, mantendo tratamentos que sejam à base de corticoides sem danificar em excesso o metabolismo.

#2. Estresse excessivo

O estresse pode ser o principal gatilho para a produção desse hormônio no organismo.

E o cortisol não é conhecido por ser o hormônio do estresse à toa. Situações de grandes tensões causam diversas cadeias de reações bioquímicas no organismo, e essas reações liberam hormônios como adrenalina, por exemplo. No entanto, a liberação de hormônios em situações de tensão ou estresse é completamente natural, desde que não cause sua desregulação.

Assim, quando o organismo é submetido a uma condição constante de estresse ou a muitos eventos pontuais de tensão durante o dia, a produção hormonal do corpo pode entrar em colapso. Dessa forma, causando o excesso de cortisol no sangue.

#3. Sono irregular

O sono irregular também é uma das causas mais importantes desse problema no organismo.

Durante períodos de sono regular e saudável, há a produção adequada de hormônios como a insulina, responsável por retirar o açúcar do sangue, e a diminuição da produção de cortisol.

Porém, quando a pessoa mantém o sono irregular essa situação se inverte e a produção de cortisol pode aumentar chegando a níveis altíssimos. Nesse caso, o cortisol possui efeitos contrários aos efeitos da insulina, podendo aumentar a taxa de glicose no sangue e causar o aumento de peso.

Dessa maneira, o cortisol alto no sangue devido ao sono irregular pode causar diabetes, por causa, justamente, do aumento das taxas de glicose no sangue.

Além disso, essa condição de desregulação hormonal com o excesso de cortisol também pode acarretar em envelhecimento precoce, aparecimento de linhas de expressão e olheiras. Isso se dá pois o cortisol tem o poder de quebrar o colágeno da pele, proteína importante para manter a pele firme, sem rugas e com aspecto mais jovem.

#4. Disfunção das glândulas suprarrenais

De fato, a desregulação das glândulas onde o cortisol é produzido pode ocasionar excesso ou baixa em sua produção.

Em suma, essa disfunção pode ser causada por tumores, por isso, se você possui algum sintoma relacionado ao cortisol alto no sangue é imprescindível que procure um médico.

ikaps suplementos

Cortisol alto: Principais sintomas

Definitivamente, o cortisol alto pode causar diversas adversidades ao metabolismo e ao organismo como um todo. Os principais sintomas estão listados a seguir:

  • Aumento de peso;
  • Diabetes;
  • Aumento da circunferência abdominal;
  • Irritabilidade e estresse;
  • Sintomas depressivos;
  • Aumento do colesterol;
  • Pressão alta;
  • Redução da massa muscular;
  • Fadiga excessiva;
  • Alterações no ciclo menstrual;
  • Dificuldade para engravidar;
  • Pele frágil e seca.

Portanto, se você apresenta parte dos sintomas causados pela desregulação da produção de cortisol pelo organismo é necessário que realize o acompanhamento com um profissional de saúde.

Cortisol alto: O que fazer?

Por fim, o que fazer para abaixar os níveis de cortisol no sangue? A princípio, como o cortisol é um hormônio intimamente ligado com o emocional e situações de estresse, o mais eficiente para abaixar os níveis de cortisol é regular o estresse e a ansiedade.

Em síntese, a regulação do estresse e da ansiedade pode ser realizada através de psicoterapias ou simples momentos de lazer. Outras formas de diminuir a produção de cortisol no organismo são a prática de atividades físicas e manter uma alimentação saudável.

Para diminuir o estresse e a ansiedade, conheça o Good Sleep Caps, um suplemento natural a base de l-triptofano que atua no organismo reduzindo os níveis de cansaço e estresse, que por sua vez, é essencial para controlar o organismo, melhorando o humor e a sensação de bem-estar.

Além disso, manter o corpo hidratado pode ser a chave para diminuir a quantidade de cortisol no sangue, mantendo-o em níveis ideais para um metabolismo saudável. O indicado é que um adulto beba em média de 2 a 3 litros de água por dia.

Quando a causa do cortisol alto é alguma doença, no entanto, o tratamento é realizado por endocrinologistas com medicamentos indicados para controlar a quantidade do hormônio no sangue.

Outrossim, quando a desregulação é causada por tumores pode ser indicada a cirurgia para a retirada tumoral. Consulte um médico.

E aí, gostou das nossas informações? Compartilhe em suas Redes Sociais!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *